refugio-espaco-sjc-dia-das-maes

Mãe: Um dia comum ?!

O despertador toca.

Levanto ainda sonolenta. Quem me dera pudesse dormir mais uma hora… Mas, vamos lá! Um dia inteiro me aguarda.

Um bom banho me deixará mais desperta, é isso.

Encontro com meus filhos na cozinha!

O que será que aconteceu? Me pergunto, mas não ouso falar. Vai que estraga e não acontece de novo!

Eles estão bem dispostos e trabalhando juntos! E meu coração se irradia…

Há algo que traga mais contentamento para uma mãe do que ver os filhos convivendo bem?!

Esse é o empenho maior à que nos dedicamos, creio eu, fazer com que haja respeito e cordialidade,  no mínimo, na convivência familiar.

Ter a colaboração nas tarefas de casa, sem cara feia?! Sem corpo mole?! Uau!! Parece até premio de loteria! Será que estou sonhando?!

Esse é o maior presente: vivermos em harmonia! E termos bons motivos para comemorar.

O anseio maior é, ao ver a fotografia da família reunida, lembrar-se de momentos vividos, e não raros.

Ah… será que é pedir muito?!

Então, aproveito o momento, pego o celular e registro a cena.

– Ô mãe! – eles reclamam, é lógico!

E ainda bem, já estava estranhando!

Sento à mesa para saborear meu café e comer a fruta preparada por eles. E então, reparo, embaixo do prato a ponta de um envelope.

Vagarosamente, vou movimentando a louça para ver melhor. No envelope está escrito: Para você!

Olho para eles, que estão atentos, olhando meus movimentos e sorrindo.

O que será que estão aprontando?

– Vocês querem me pedir alguma coisa? Pergunto enquanto abro o envelope.

– Mãe, você não é fácil, viu?! – Diz o mais velho.

Abro o envelope e lá encontro algumas fotos nossas, em vários momentos, o sorriso vem aos lábios com facilidade. Como é bom ter estes momentos.

– Bem, o dia das mães é só no domingo, mas nós queremos que você saiba que você merece mais que um dia! – diz a mais nova.

Eles me abraçam, e tudo vale a pena!

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *